Sem culpa – Mãe Empreendedora

Ainda aprendendo a administrar o tempo, por isso as vezes esse branco aqui no Mãe Club.

Eu ainda me enrolo, confesso.

Mas não vou me culpar.Na verdade, culpa é uma coisa que carrego há 19 anos, então quero correr dela de uma vez por todas.

Acredito que muitas mulheres irão se identificar ao ler esse post,pois pelo menos as que conheço, cumprem a licença maternidade com aquela dor no coração sabendo que, em breve terá que deixar seu pequeno na creche, berçário, com avós, babás e afins..

Doi !

Já passei por isso como o João Pedro e a cada vez que meus seios latejavam de tanto leite no trabalho, eu corria no banheiro e chorava. Eu sabia que naquele momento, eu daria de mamar…E como eu gosto de amamentar…É tão bom..

Sofri !

Desde então, surgiu minha vontade de empreender, trabalhar pra mim e poder ver meus filhos crescerem. Talvez assim, eu me redimisse da culpa que carrego por não ter visto a mais velha crescer. Não ter acompanhado nada das atividades dela na escola é um assunto me martiriza até hoje..

E ela hoje, com 19 anos me cobra 🙂  Entende que foi necessário, mas cobra.

Resolvi tomar coragem ! Aproveitando a gravidez do Inacinho e a nova mudança de estado, estou partindo para essa nova jornada que é ser dona do meu próprio nariz.

Confesso que é bem difícil.

As coisas não acontecem na mesma velocidade que você está acostumada.

Estou reunindo forças nesse início para prosseguir. É uma jornada bem árdua, talvez tão árdua quanto o retorno da licença maternidade.

Estou me posicionando nesse momento : Tanto no mercado, quanto na família.

Depois conto mais sobre como está sendo essa transição para me tornar uma mãe empreendedora.

Vem comigo ?

Bjs

 

Photo79