A Mamãe de quadrigêmeos de Salvador – BA

Você, mãe como eu, vai se espantar com esses números:

– 1kg (isso mesmo, um quilo), de leite por dia;

– 1000 (é, mil mesmo), fraldas por mês;

– 3 babás para ajudar;

Esses são alguns números da nossa Mamãe da semana, a psicológica Layane Cedraz, 31 anos, mãe de quadrigêmeos.

“Eu tenho uma trompa obstruída e endometriose. Algumas tentativas foram frustradas, mas em uma dessas eu tive Rafic. Depois da primeira gravidez, sempre quis ter mais filhos e fiz o procedimento novamente e engravidei. Com cinco semanas de gestação, fiz o primeiro ultrassom e descobri que eram gêmeos. Com sete semanas, fui ao médico para escutar os batimentos cardíacos e escutei três corações. Com quase 12 semanas, eu descobri que eram quatro meninos. Sempre fiz a fertilização com dois embriões. Mas dessa vez, um deles se dividiu em três. Isso não é comum”, diz mamãe Layane.

Pois é, cinco filhos, e planejamentos para o sexto…

E se vierem mais quatro? Nossa!

Mamãe de quadrigêmeos da Bahia
Mamãe de quadrigêmeos da Bahia

Fonte: G1